Rio contabiliza 39 rodoviários mortos por Covid-19 até o momento

Rio contabiliza 39 rodoviários mortos por Covid-19 até o momento

RIO – De acordo com o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro – Sintraturb Rio, a cidade maravilhosa, já contabiliza a morte de 39 funcionários das empresas de ônibus que operam o serviço municipal. A informação é do vice-presidente da entidade, José Carlos Sacramento.

Ainda segundo o Sintraturb-Rio, nas 37 empresas de ônibus que operam na cidade, ao menos até o momento há registro de 134 funcionários confirmados com a Covid-19, muitos seguem afastados de suas funções por conta da doença que segue avançando na cidade e Região Metropolitana do Rio.

O sindicato informou que na primeira quinzena de maio o número de infectados era de 120 com 20 óbitos, e agora houve um aumento considerável. O balanço divulgado nesta terça-feira (9), poderá aumentar até o próximo fim de semana.

Na visão de Sacramento, as principais causas para o aumento dos casos são a resistência de parte da população em usar máscaras de proteção e a falta de fiscalização dos órgãos competentes nos transportes públicos.

O sindicato porém, não informa detalhe como por exemplo o número de infectados por empresas de ônibus e por região do município da cidade, como foi feito em São Paulo, que descriminou as informações sobre a contaminação da Covid-19.

Higienização dos transportes

A lei nº 8.801, de autoria do presidente da Comissão de Transportes da Alerj, deputado Dionísio Lins (Progressista), determina que as concessionárias realizem diariamente a higienização e limpeza de seus veículos como forma de contenção da pandemia do novo coronavírus.

Com informações da Alerj, Tv Globo e Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro – Sintraturb Rio

 

Fonte: Revista do ônibus

Share this post